Sicoob Crediguaçu distribui quase R$ 9 milhões aos cooperados

Sicoob

Montante é resultado da remuneração ao capital e destinação das sobras do Exercício 2019, apreciado em Assembleia Geral na última semana

Em 16 de julho, o Sicoob Crediguaçu realizou Assembleia Geral Ordinária (AGO) para, entre outros assuntos, apresentar a prestação de contas do ano 2019 e deliberar sobre a destinação das sobras apuradas no exercício. Com a remuneração de juros ao capital, creditada ainda em dezembro, o montante destinado aos cooperados totaliza R$ 8,83 milhões.

Pela primeira vez, a AGO aconteceu de maneira virtual de modo a atender às recomendações dos órgãos de Saúde que impedem a concentração de pessoas em virtude da pandemia do Coronavírus. A realização do evento nesta modalidade fundamenta-se, também, nas instruções normativas dos órgãos reguladores para este período.

A participação dos associados foi expressiva. Somente na plataforma YouTube, a transmissão alcançou 1,8 mil conexões no dia do evento e 649 cooperados registraram suas presenças por meio do aplicativo Sicoob Moob. As votações acompanharam o desempenho da audiência e atingiram excelentes marcas. As apurações mostraram que cerca de 4% do quadro associativo opinou nas decisões, um número relevante para os dirigentes da cooperativa.

O Diretor-Presidente, Mauro Benedito de Lima, enalteceu a adesão dos cooperados à modalidade do encontro. “Agradeço a presença de todos conectados em nossa AGO e o faço com veemência pela importância que representa a participação do associado em uma Assembleia Geral, momento importante da vida cooperativa. Sentimos falta, é claro, do calor humano que as reuniões presenciais nos proporcionam, do abraço e do aperto de mão dos nossos amigos, mas, se nesse momento não podemos fazer isso, precisamos caminhar de outra forma”, comentou.

A reunião foi conduzida pelo Presidente do Conselho de Administração, Antônio Carlos de Mello, e pelos diretores Mauro Benedito de Lima, Milton Luiz do Amaral e Carlos Alberto Bianchi, que também conduziram as explanações a respeito das prestações de contas, apuração e destinações das sobras e fixação das verbas remuneratórias, respectivamente. Michele Tavares Pinto, contadora do Sicoob-SP, explanou sobre as demonstrações contábeis, enquanto Edimilson Artilha Vieira, auditor da CNAC (Confederação Nacional de Auditoria Cooperativa); e o conselheiro fiscal, Erado José Zoia, apresentaram pareceres em relação às contas.

Os diretores Lima e Amaral apresentaram os números do crescimento da cooperativa, com destaque para a abertura de uma nova agência no município de Sorocaba e a revitalização dos postos de atendimento das cidades de Brotas, Araras e São Roque, além da expansão para mais 15 cidades do interior paulista. A evolução do Ativo, Capital Social e Patrimônio Líquido, bem como o crescimento das carteiras de depósito e de crédito, por exemplo, comprovam os excelentes resultados alcançados pelo Sicoob Crediguaçu no período. 515 cooperados indicaram seus votos no Item 1 da Ordem do Dia e aprovaram o tema por unanimidade.

O Diretor de Negócios comentou sobre os números apresentados. “Nossa AGO alcançou uma excelente participação de associados, que são a razão de existir de qualquer instituição cooperativa, o que nos motiva para, a cada dia, continuar a prestar bons serviços com uma gama de produtos e serviços que em nada deixam a desejar. As evoluções apresentadas revelam-se, por si só, muito relevantes e mostram que estamos no caminho certo e crescendo exponencialmente”, disse Amaral.

Já o Item 2 que propunha a destinação das sobras apuradas no exercício com crédito de 50% do montante apurado na Conta Capital e os outros 50% na Conta Corrente dos associados obteve 523 votos favoráveis e dez contrários. “O crédito de metade das sobras nas contas correntes dos nossos cooperados era um compromisso que assumimos ainda na AGO do ano passado. Sabemos que o período que passamos de pandemia é difícil, mas os números que apresentamos referem-se ao exercício anterior quando ainda não atravessávamos essa fase difícil. Trabalhamos por esse tempo com todo empenho para honrar esse acordo e tivemos o consentimento da Assembleia que aprovou a proposta”, afirmou o Diretor Bianchi.

Vale lembrar que a remuneração de juros ao capital paga aos cooperados em dezembro de 2019 foi de R$ 3,24 milhões. Já as sobras somam mais R$ 5,58 milhões e foram creditadas logo em 20 de julho.

Em face da pandemia do Coronavírus e a resseção econômica pelo qual diversos setores passam, o Presidente do Conselho de Administração propôs reajuste zero às verbas remuneratórias dos membros dos conselhos e Diretoria Executiva da cooperativa. O tema foi apreciado no Item 3 da pauta e aprovado por 493 votos favoráveis ante 19 contrários.

“Parabenizo os dirigentes por terem conduzido tão bem o ano de 2019, aos nossos gestores e colaboradores pelo resultado alcançado. Agradecemos aos cooperados por acreditarem na força do cooperativismo e realizarem suas operações financeiras com o Sicoob Crediguaçu. Vamos superar esse momento difícil pelo qual passa todo o mundo e, dessa forma, estarmos reunidos no ano que vem com números tão expressivos como foram o de 2019”, encerrou o Presidente Mello.

Quem ainda não assistiu a Assembleia, pode acompanhar a gravação disponível no canal do Sicoob Crediguaçu no YouTube https://bit.ly/2ZNyWu6

Anuncio patrocinado

Patrocinado

::. Eleicoes 2020 : Simone Marquetto reeleita Prefeita de Itapetininga com 46.913 votos (61,91%)
::. Eleições 2020 : Definidos os 19 vereadores da Câmara de Itapetininga para o próximo quadriênio
::. Eleicoes 2020 : Giriboni assumirá como Deputado na vaga de Ed Thomaz, eleito prefeito em Presidente Prudente
::. Eleicoes 2020 : Folha de Itapetininga apresenta a relação dos candidatos a Vereador no Município de Itapetininga
::. Ajuda : GAADI necessita de apoio urgente da comunidade
::. Resumo : A ferrovia em Itapetininga, contribuições sobre um legado
::. Mudanca : COMUNICADO - MUDANÇA DE SECRETARIADO NA PREFITURA DE ITAPETININGA
::. Politica : Cinco pré candidatos a prefeito e respectivos vices confirmados por convenções em Itapetininga
::. Economia : São Paulo sofre com queda de arrecadação de ICMS, ao passo que união de impostos é discutida na reforma tributária
::. Novidade : Anunciada a criação do Santuário Diocesano Bom Jesus de Alambari

© Copyright 2019 Folha de Itapetininga - Todos os direitos reservados - Criado DM